Botox X Progressiva – Entenda as diferenças

Entenda as diferenças entre Botox e Progressiva, lendo o texto abaixo!
Anúncio

Ter o cabelo natural pode ser uma dificuldade para muitas pessoas, afinal a falta de tempo e a falta de paciência acabam jogando com a vontade de assumir os fios e, nestes casos, apenas a química é capaz de resolver este problema.

Por conta disso, iremos passar algumas informações sobre a progressiva e o botox, pontuando a principal diferença entre elas e qual das duas é melhor para o seu fio. Siga lendo para saber mais!

Porque alisar o cabelo?

Sabemos o quanto o processo de utilizar o cabelo natural pode ser difícil em alguns momentos, principalmente no caso de crianças, que muitas vezes acabam sofrendo bullying por algo que nem é do seu controle, mas também temos algumas dicas para dar antes que você opte por um Botox ou uma Progressiva.

Os cabelos naturais voltaram mais fortes do que nunca e você já deve saber que estão em moda, contudo, se você não se importa com isso, só pense se daqui alguns anos a transição capilar pode ser algo que você gostaria de passar e se, na realidade, apenas está faltando um pouco mais de conhecimento sobre o seu tipo de cabelo para que ele fique bonito.

Nem sempre há a necessidade de partir para um método tão definitivo, visto que envolve química e demora para sair do cabelo, por isso sempre recomendamos que o procedimento seja pensado com calma e atenção e, principalmente, com carinho ao seu cabelo e a sua autoestima.

Diferença entre Botox e Progressiva

Apesar de muitas pessoas pensarem que o Botox não é um tipo de química, ele envolve sim produtos que alteram os seus fios, inicialmente reduzindo o frizz e as pontas duplas, contudo, o mesmo também visa trazer o aspecto saudável, o brilho e maciez dos fios, promovendo uma hidratação mais profunda.

Já no caso da Progressiva, estamos falando de um procedimento que envolve química 100%, visto que ele tem como objetivo o alinhamento dos fios, além disso, é muito mais duradouro do que o Botox e, principalmente, consegue realizar a redução do volume, que na maioria das vezes é o indesejado pelas mulheres.

Como você pode perceber, essencialmente eles não contam com tantas diferenças e, por isso, a escolha sobre qual procedimento realizar no seu cabelo irá depender apenas do tempo que você deseja ficar com o cabelo liso. No próximo tópico, esclarecemos algumas dúvidas sobre a realização destes procedimentos.

Algumas dúvidas sobre Botox e Progressiva

1- O Botox consegue alisar o cabelo? Apesar de contar com bem menos química do que encontramos na Progressiva, por exemplo, ele consegue sim realizar o alisamento dos fios, promovendo também uma redução menor de volume e mais hidratação.

2- A Progressiva é agressiva para os fios? Depende. Antes de realizar qualquer tipo de procedimento químico, você deve analisar a saúde do seu fio e como o procedimento será feito, visto que quando executado de forma correta, ele tem mais capacidade de ajudar do que agredir o seu fio.

3- Como saber qual procedimento realizar? Tudo irá depender do efeito e da durabilidade que você deseja ter no seu cabelo, visto que a Progressiva pode durar até 8 meses no cabelo, enquanto o Botox mantém seu efeito por apenas 3 meses, além de contar com um efeito bem menos liso do que a Progressiva é capaz de deixar.

4- Progressiva e Botox podem alterar a cor do cabelo? O produto químico em si não altera a coloração do seu cabelo, contudo, o uso da chapinha e do secador, que são utilizados para a fixação dos produtos, podem causar um amarelamento ou perda da pigmentação, caso você utilize colorações, por exemplo.

5- O procedimento pode ser realizado em crianças? A maioria dos produtos químicos utilizados não tem contra indicação etária, dessa forma, o procedimento pode, sim, ser realizado em crianças, mas recomendamos que seja conversado com muita atenção, visto que a transição capilar é difícil e demorada e pode ser algo complicado para um futuro.

6- Existem contra indicações para gestantes e lactantes? Assim como todo e qualquer tipo de química, você deverá consultar o seu médico antes de realizar o procedimento, a fim de manter a sua segurança e a do seu bebê.

Últimos Artigos

Procurando Curso

0